Pular para o conteúdo principal

Postagens

"Não quero ser como Sauron": A sabedoria cristã na Sociedade do Anel

 Qual é o grande ponto de O Senhor dos Anéis? Sem dúvida, muita coisa pode ser encontrada na saga: o conforto do lar trocado pela vastidão lá fora, a ameaça de grandes esquemas fora do nosso controle, o descobrimento de culturas riquíssimas, amizades, lendas, poesia, e todo um mundo de significados e experiências. No entanto, creio que o principal fio condutor — o mito em torno do qual a história toma corpo — é este: o Maligno só será derrotado por alguém que vá desarmado até ele. Desde o concílio de Elrond isso fica explícito, mas já está implícito na conversa de Gandalf e Frodo sobre a história do Anel, e mesmo logo no início, quando Bilbo precisa abrir mão do seu poder. Já nas primeiras páginas descobrimos que esta não é a história do exército do Bem contra o exército do Mal, e muito menos a história de um “exército de um homem só” guerreando contra o Tirano maligno — na verdade, é a história do Bem humilde que carrega sozinho um fardo até o campo do inimigo, sem lutar.    Gand
Postagens recentes

Toda Letra Mata, Inclusive Shakespeare | John Piper

Uma das minhas esperanças com o Bethlehem College & Seminary é que a educação recebida aqui implante um hábito mental duradouro de prosseguir por meio da escolha das palavras dos textos bíblicos, primeiramente, até a realidade que o autor conscientemente tem a intenção de comunicar, e, então, mais fundo, até a realidade mais profunda onde essa intenção imediata está enraizada. Penetrando Textos no Poder do Espírito Texto: 2 Coríntios 3:5–6 Deixe-me tentar dizer isso de outro modo, e em seguida vou ilustrar com um texto bíblico, e relacioná-lo com Shakespeare e a pandemia do Coronavírus. Já que Deus é o autor supremo da Bíblia — o autor por trás dos autores, guiando-os, como Pedro diz (2 Pedro 1:21) — logo, todo significado bíblico está enraizado na visão de Deus sobre a realidade. O que carrega também a implicação de que todo significado bíblico está enraizado na realidade suprema — a realidade de Deus: quem Deus é, o modo em que Ele se relaciona com as coisas, e o modo

ALIMENTO PARA A MENTE, ou, quatro regras para ler bem | Lewis Carroll

  Café da manhã, jantar, chá. Em casos extremos, café da manhã, almoço, jantar, ceia e uma xícara de algo quente antes de dormir. Que cuidado nós temos em alimentar nosso sortudo corpo! Quem entre nós faz o mesmo por sua mente? Qual a causa da diferença? Será o corpo tão mais importante entre os dois?   De modo algum , mas a vida depende do corpo ser alimentado, enquanto podemos continuar a existir como animais (dificilmente como humanos) ainda que a mente seja completamente negligenciada e esteja faminta. Assim, a Natureza garante que, em caso de uma negligência séria do corpo, consequências tão terríveis de desconforto e dor irão conduzir-nos logo de volta ao senso de dever; e algumas das funções necessárias à vida ela faz por nós sozinha, deixando-nos sem escolha no assunto. Seria algo péssimo para muitos de nós se fossemos deixados no controle da nossa própria digestão e circulação.   ‘Minha nossa!’ se o uviria o grito, ‘Eu esqueci de dar partida no meu coração essa manhã! E pensar

A Grande Jornada, de John MacDuff | Tradução

  Uma família chorando enquanto vê o menor filho da casa avançar pelo caminho em direção à maior jornada do mundo: "Uma peregrinação pelo Vale das Lágrimas até o Monte Sião, a cidade do Deus Vivo". É com esta cena que começa esta alegoria de John MacDuff, escrita no mesmo gênero do famoso clássico "O Peregrino" de John Bunyan. Abaixo se encontram os dois primeiros capítulos da obra, que traduzi e disponibilizo aqui gratuitamente.   --   A Grande Jornada Uma peregrinação pelo Vale das Lágrimas  até o Monte Sião, a cidade do Deus vivo.   De John MacDuff, 1855. Tradução de Pedro H. Lima. "E falou-lhes muitas coisas por meio de parábolas ." Mateus 13:3 CAPÍTULO 1   Enquanto eu caminhava pela Estrada do Tempo, cheguei a um novo marco; e estando cansado por causa da minha jornada, "lá deitei-me para dormir; e, enquanto dormia, tive um sonho."-- O Peregrino.   Pensei que via uma casa, situada sozinha em um dos vales isolados do mundo. Em frente às sua